quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

SEUTES I (424 – 410 a.C.)

Seutes I foi rei dos trácios odrísios desde 424 até 410 a.C. Era filho de Esparádoco e sobrinho de Sitalces, rei dos odrisios, a quem acompanhou em sua grande expedição à Macedônia (429/428 a.C.). Nessa ocasião o rei Pérdicas II da Macedônia ganhou sua confiança, prometendo-lhe sua irmã, Estratonice em matrimônio. Seutes exerceu toda sua influencia sobre Sitalces para convencê-lo a retirar suas tropas da Macedônia. Somados aos rigores do inverno, a falta de apoio efetivo de Atenas, aliada dos trácios, e a falta de suprimentos, os esforços de Seutes tiveram êxito, e após seu regresso à Trácia se casou com Estratonice conforme havia acordado.
As montanhas Rodope na Bulgária faziam parte do reino dos odrísios
Em 424 a.C. sucedeu no trono a Sitalces, que morrera em luta contra os tribalos, e durante seu longo reinado logrou que o reino alcançasse grandes cotas de poder e prosperidade que nunca havia tido antes, de forma que suas receitas regulares chegaram a alcançar a soma anual de 400 talentos, além das contribuições de ouro e prata em forma de presentes que supunham uma quantidade similar. Seutes dobrou o tributo que as cidades gregas da costa da Trácia lhe pagavam. Porém, chegou a enfrentar oposição ao seu reinado por parte de líderes trácios.
Moeda de prata do tempo de Seutes I trazendo
a inscrição SEUTHA KOMMA (festa de Seutes) 
Posteriormente, em uma passagem da carta do rei macedônio Filipe II (382-336 a.C.) ao povo ateniense parece indicar que Seutes foi acusado de haver tido relação com a morte de Sitalces, porém isto entra em completa contradição com o relato dado por Tucídides (460-396 a.C.), historiador grego e participante da Guerra do Peloponeso (431-404 a.C.), do qual, aliás, se desprende que Seutes manteve relações amistosas com os atenienses, os quais lhe ofereceram os privilégios de cidadania. Porém, em 411 a.C. Seutes conduziu uma campanha contra Atenas, sem muito êxito, visando dominar a Quersoneso Trácico, a atual península de Galipoli na Turquia. Morreu em 410 após uma grave enfermidade. Seu  tio (ou irmão) Amádoco I (também conhecido por Métoco) o sucedeu no trono, porém, houve disputas pela sucessão.
O Quersoneso Trácico

FONTE:
http://en.wikipedia.org/wiki/Seuthes_I
http://es.wikipedia.org/wiki/Seutes_I
http://el.wikipedia.org/wiki/%CE%A3%CE%B5%CF%8D%CE%B8%CE%B7%CF%82_%CE%91%27

Nenhum comentário:

Postar um comentário